Volume 12, Número 34, Ano 8 (julho a setembro de 2021)

Editorial
Inauguramos mais um volume e número da revista Scientia Vitae. Trata-se do oitavo número e do quarto volume ao longo da pandemia. Mas, diferentemente dos números e volumes supracitados, esta edição, que floresce com a primavera no hemisfério sul, emerge junto a esperança de novos dias, frente a significativa melhora do quadro pandêmico, especialmente em nosso país.
Tempo de rememorar o centenário do educador e patrono da educação brasileira, o professor Paulo Freire. Nascido em 21 de setembro de 1921, ele dedicou, mimeticamente, sua vida e obra a educar, a acreditar e respeitar os distintos caminhos e saberes que a vida reservou aos seus educandos. Também de lembrarmos as duas décadas sem o geógrafo Milton Santos, considerando que sua vasta contribuição à ciência trouxe perspectivas de pensar o mundo com o olhar dos excluídos, nos territórios menos favorecidos pela divisão internacional do trabalho.
É nessa miríade de esperança e utopia onde ratificamos que a periocidade e difusão da revista Scientia Vitae deriva de uma sinergia de esforços, desde autores, avaliadores, revisores, técnicos, editores, até nossos leitores e parceiros de distintas instituições. Este esforço coletivo, em favor da qualidade e rigor na difusão de pesquisas e trabalhos científicos, é resultado, em grande medida, de um compromisso autônomo, voluntário, e sem quaisquer fins lucrativos, ou financiamentos, de toda equipe e parceiros.
E destes esforços, apresentamos nesta edição cinco textos, com importantes contribuições, as quais destacamos:

  1. No primeiro artigo, acerca da “Morfologia das inflorescências de espécies de Aphelandra R. Br. (Acanthaceae)”, a pesquisa apresentou importantes resultados de variações interespecíficas, sendo características de relevante valor taxonômico do gênero, contribuindo, portanto, mais propriamente com o campo da botânica.
  2. O segundo texto, intitulado “A importância da sala de recurso multifuncional na educação inclusiva: revisão de artigos científicos”, a autora se debruça na literatura especializada, a fim de potencializar novos trabalhos e caminhos para a prática docente inclusiva no ambiente escolar.
  3. No terceiro texto, denominado “Teor de clorofila em folhas de videira ‘Cabernet Franc’ em função do aumento da carga de gemas”, traz interessante contribuição no campo da enologia e viticultura, revelando, por meio de pesquisa experimental, práticas que favorecem a eficiência fotossintética da videira abordada.
  4. No quarto artigo, intitulado “Cultivable endophytic fungi associated with the murumuru Amazon palm (Astrocaryum ulei Burret)” há um esforço de caracterização da comunidade de fungos endofíticos da palmeira amazônica Astrocaryum ulei no estado do Acre, Brasil. Em linhas gerais, a pesquisa contribui no mapeamento destes organismos, com vistas a utilização enquanto bioativos nos mais distintos produtos e inovações no segmento de biotecnologias.
  5. No quinto artigo, intitulado “Verificação da assertividade da previsão de geração de lodo em ETA em comparação com ensaios de jar test”, insere-se no campo do saneamento ambiental e contribui para auxiliar no dimensionamento quantitativo de lodo em ETA’s, assim como pode apoiar outras experiências para o dimensionamento de equipamentos e procedimentos em relação ao esgotamento sanitário.
A equipe da revista Scientia Vitae deseja uma ótima leitura a todas e todos!

Dr. Rafael Fabricio de Oliveira - Editor chefe
Dra. Anna Carolina Salgado Jardim - Editora associada
Dra. Áurea Juliana Bombo Trevisan - Editora associada
Dr. Fernando Santiago dos Santos - Editor associado
Dr. Frank Viana Carvalho - Editor associado
Dra. Nathalia Abe Santos- Editora associada
Dr. Ricardo dos Santos Coelho - Editor associado
Dra. Silvana Haddad - Editora associada

Artigos:
  1. Morfologia das inflorescências de espécies de Aphelandra R. Br. (Acanthaceae) , p. 01 a 09 (Letícia Elias, Livia Zottele, Elisa Mitsuko Aoyama e Alexandre Indriunas)
  2. A importância da sala de recurso multifuncional na educação inclusiva: revisão de artigos científicos, p. 10 a 16 (Naiana Vitória Paz Reinaldo da Silva)
  3. Teor de clorofila em folhas de videira ‘Cabernet Franc’ em função do aumento da carga de gemas, p. 17 a 22 (Douglas André Wurz, Alberto Fontanella Brighenti, Betina Pereira de Bem, Ricardo Allebrandt e Leo Rufato)
  4. Cultivable endophytic fungi associated with the murumuru Amazon palm (Astrocaryum ulei Burret), p. 23 a 32 (Fernanda Viana Diniz, Atilon Vasconcelos de Araújo, Marta Adelino da Silva Faria, Márcia Elisabete Parazi Morselli, Leandro José Ramos e Clarice Maria Carvalho)
  5. Verificação da assertividade da previsão de geração de lodo em ETA em comparação com ensaios de jar test, p. 33 a 44 (Diogo Gouveia Marques, Renan Felicio dos Reis, Ricardo Augusto Rodrigues e Miriã Camargo Felicio)

Creative Commons License
Scientia Vitae is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.


(C) Copyright Fernando Santiago dos Santos e Frank Viana Carvalho. Todos os direitos reservados 2013-2021. É permitido copiar o conteúdo da revista desde que seja citada a fonte de consulta.